Segurança

Humorista do SBT faz piada com morte de pai de jogador e é demitido

Nessa terça-feira (22), o humorista Eros Prado fez uma piada envolvendo a morte do pai do jogador do Corinthians, Gustavo Mosquito, durante transmissão da partida entre Corinthians e Estudiantes, pela Sul-Americana, no canal do Youtube “SBT Sports”.

Nos acréscimos da partida, Gustavo Mosquito isolou uma oportunidade clara de gol para o Timão. Na transmissão do canal, as duas horas e vinte e cinco minutos do vídeo, Eros comenta: “ele chutou a bola lá pro pai dele então”, que morreu em junho de 2021, vítima da covid-19.

Na manhã desta quarta-feira (23), o SBT anunciou o desligamento do humorista por meio de nota. “O SBT lamenta o comentário feito pelo humorista Eros Prado e informa que ele não participa mais do nosso time de comentaristas. Pedimos desculpas ao Gustavo Silva (Mosquito), sua família, à torcida corintiana e a todos que se sentiram ofendidos”, disse a emissora no comunicado.

O atacante Gustavo Silva, também chamado de Gustavo Mosquito, comentou o fato em sua conta no Instagram. “Brincadeira tem limite. Nada justifica o gol que errei hoje, mas não aceito esse tipo de comentário, que falta de respeito! Acha que pode falar o que quer. Espero que você nunca passe por isso”, comentou o atacante corintiano.

                Foto: Instagram

Pedido de desculpas

Por meio de um vídeo publicado no Instagram, o humorista Eros Prado diz ter se arrependido na hora do comentário.  “Eu quero pedir desculpas sinceras, perdão sincero para o jogador Mosquito do Corinthians. Eu acabei fazendo uma piada na transmissão do jogo de muito mau gosto”, inicia o pedido.

Em vídeo o jogador Mosquito disse ter perdoado o humorista. “Não aceito esse tipo de brincadeira, esse tipo de comentário, por isso a minha indignação ontem, mas já conversei com o Eros, eu perdoo ele, já tá perdoado, já está resolvido, espero que ele possa aprender com isso também, que Deus possa abençoar ele e sua família”, considerou.

Pedido do jogador

O jogador pediu também que os torcedores parem de ofender o humorista. “por favor, as pessoas parem de ficar atacando ele (Eros Prado), porque não é gerando mais ódio que vamos resolver alguma coisa”, concluiu Gustavo Mosquito